Inscrições do Congresso
Congresso do Turismo Paulista
Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 14 e 17 de julho de 2016

AddThis Social Bookmark Button

MONTEIRO LOBATO

Em Monteiro Lobato, a tranquilidade à beira do riacho.  Foto de Aniello de Vita.Eis uma tranqüila cidade na Serra da Mantiqueira, onde estão maravilhas da natureza e que é conhecida por seus saborosos doces e queijos. Melhores ainda naqueles dias de inverno na montanha.
A cidade guarda em sua história um período da vida daquele autor. Foi na Fazenda São José do Buquira, rebatizado como Sítio do Pica-Pau Amarelo, que Monteiro Lobato arriscou ser fazendeiro. Foi quando aproveitou para escrever os livros: "Velha Praga" e "Urupês".
O Sítio é um convite ao passado. O casarão de 19 cômodos abriga móveis antigos e alguns de seus objetos. O Sítio está aberto das 9h às 17h, mas quem pretende almoçar deve agendar antecipadamente.
A cidade de Monteiro Lobato é pura poesia, com um céu azul de tranqüilidade, calma e paz. Fica a apenas 132 km da capital paulistana.

FAZENDAS HISTÓRICAS PAULISTA

Fazenda Boa Esperança, em Bragança Paulista.Entre as mais de 800 propriedades rurais existentes no Estado de São Paulo, várias delas são Fazendas Históricas do século 18, 19 e início do século 20, e as quais estão abertas ao turismo.
Elas conservam todas as características principais do preservado patrimônio arquitetônico, somado ao carinho de bem receber seus visitantes para boas refeições, ou cavalgadas, ou hospedagem mesmo.
Todas oferecem visitas guiadas, algumas com programas de turismo pedagógico, outras com locais para eventos. E todas com a hospitalidade gentil própria do Interior paulista.

ALGUNS EXEMPLOS

Fazenda Cana Verde (XIX), em Itu. Foto Maristela Bignardi.Eis algumas das Fazendas Históricas Paulistas de que temos falado: Santa Gertrudes, Bela Vista (Dourado), Santa Cecília (Cajuru), Vila Rica (Itatiba), Mandaguahy (Jaú), Da Barra (São José do Barreiro), São Francisco (São José do Barreiro), Cana Vede (Itu), Nova (Mococa), Sto. Antônio da Água Limpa (Mococa), Vassoural (Itu), Boa Esperança (Bragança Paulista), Monte Belo (Itu), Pinhal (São Carlos), Santa Maria (São Carlos); Quilombo (Limeira); Monte Belo (Sta. Rita do Passa Quatro), Capoava (Itu), e a famosa Chácara do Rosário (Itu), entre outras.

APARECIDA DE MONTE ALTO

Santuário de Montesina, em Monte Alto. Foto Alexandra Favoretto.De uma capela de pau-a-pique construída em 1848 em homenagem à Virgem e Senhora da Conceição acabou surgindo um importante distrito da cidade de Monte Alto.
Os italianos que para ali imigraram, entre 1889 a 1896, deram-lhe o nome de "Virgem de Montesina", cuja imagem se encontra no belo Santuário hoje existente e que leva cerca de 70 mil pessoas a visitá-la entre fins de agosto e até 10 de setembro.
O Santuário está sempre aberto para visitação, mas o Departamento de Turismo de Monte Alto pode organizar visitas monitoradas, eis que o Turismo Religioso é um dos seus itens.
Aliás, em Monte Alto as festas religiosas começam em Abril e não param até Dezembro. Difícil dizer qual a mais concorrida.

ZEN NO MEIO RURAL

Um inusitado programa de um dia foi criado como um Circuito Zen e com passeios em pleno Núcleo de Turismo Circuito das Frutas.
È um roteiro de um dia que coloca o turista em contato com as terapias alternativas, dá um relaxamento, e o coloca bem próximo da natureza e da compreensão e valorização dos produtos naturais.
As saídas, quando anunciadas, são da capital paulistana e inclui almoço. Visita uma comunidade terapêutica, com ervas medicinais e visita uma fazenda de legumes sem utilização de agrotóxicos.
O Circuito das Frutas é oferecido pela Graffit em vários tipos de excursões temáticas. E você vai gostar dessa novidade "Zen" cheia de energia. Experimente: (11) 5549-9569.

HOLAMBRA II

A cidade de Paranapanema oferece, também, as visitas "saborosas" na também chamada Holambra II, onde pêssegos, nectarinas e ameixas estão ao lado das estufas e plantações de rosas, violetas, gérberas e azaléias.
E você poderá usufruir várias opções de Turismo Rural.
Você será muito bem atendido pela "Saty Turismo" (14) 3769-1241. Igualmente, a eficiente Secretaria de Turismo local atende os visitantes (14) 3713-1407. Visite Paranapanema, uma das cidades que detém o título de Estância Turística.

(texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511 – 07/2016

Desenvolvido por:
Guia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região