Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Salão São Paulo de Turismo
 
conteudo-brasil 
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 07 e 10 de setembro de 2017

AddThis Social Bookmark Button

CIDADE HISTÓRICA ARAPEÍ

Arapeí, uma das cidades históricas paulistas.. foto Ken Chu.Às margens da antiga Estrada Rio-São Paulo, entre São José do Barreiro e Bananal, a cidade de Arapeí espera a sua visita. É ali que está a Floresta dos Pinhos e a Gruta Izabel, encravada na Serra da Bocaina e proporcionando a emoção do desconhecido.
Imagina-se que este local pode ter sido abrigo de piratas e bandeirantes que, em tempos passados, andavam pela região em busca de ouro e fortuna.
Em Arapeí você pode visitar a Pedra do Caxambu, a Capela do Alambary (1826), a Cachoeira da Gruta (85m) e outros passeios que você precisa fazer com Guias credenciados (12) 3117-1220. Descubra também o artesanato local.
Arapeí é uma das "Cidades Históricas Paulistas".

UM BOM COMTUR

São Vicente também abriu a semana com hasteamento.Cada vez mais, nós temos visto bons Comtur's sendo formados e com boa atuação. Mas, cumpre-nos registrar os ótimos exemplos que nos têm sido dados pelo Comtur de São Vicente, sempre muito atuante.
Elogiável a sua atual campanha chamada "Mutirão Cadastur", pela qual convoca a Prefeitura e suas Secretarias a cobrar dos empresários as inscrições no Cadastur. Aliás, uma atitude que deveria ser observada por todas as cidades.
A maioria das Prefeituras tem "dormido em serviço", uma vez que quanto mais registros a cidade tiver no Cadastur, mais chance terá de receber verbas do Ministério do Turismo.
Cabem se inscrever (sem qualquer custo): agências de turismo, meios de hospedagem, acampamentos, transportadoras turísticas, parques temáticos, organizadoras de eventos. Ver Portaria do Mtur 197 de 2013.

NO MAPA BRASILEIRO

Exatos 432 municípios do Estado de São Paulo passam a integrar o "Mapa do Turismo Brasileiro" sob a ótica do Ministério do Turismo, o qual pode agora assinar convênios com todos eles. A próxima atualização só será em 2019.
Os critérios estabelecidos para a participação dos municípios é o seguinte: (a) possuir órgão responsável pela Pasta do Turismo; (b) comprovar a existência de dotação para o turismo na lei orçamentária vigente; e, (c) apresentar Termo de Compromisso assinado pelo prefeito ou dirigente responsável por turismo municipal. O interlocutor do Ministério do Turismo com a Secretaria de Turismo do Estado paulista é o competente diretor Vanilson Fickert.

"PAGUE LO QUE DEBE"

O presidente da AMITur parabeniza Nelson de Abreu Pinto, presidente da CNTur.Decisão do Ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux confirmou as decisões de todas as instâncias anteriores, e coloca um ponto final no choramingo da Confederação Nacional do Comércio (CNC), dando ganho de causa para a Confederação Nacional do Turismo (CNTur) determinando que esta última tenha exclusividade em representar o turismo nacionalmente, e não apenas das Entidades Filiadas.
Determinou, ainda, que a CNC devolva à CNTur todos os valores (desde 2009) por ela indevidamente recebidos a título de contribuição confederativa referente à toda categoria do turismo, inclusive dos Sindicatos e de Federação ainda não filiados à CNTur.
A CNC gosta de apanhar que nem a mulher de malandro.
Só que, se insistir em interpor qualquer novo recurso meramente procrastinatório, pode ser condenada ao pagamento, também, da multa prevista no Art. 1021, §4º do Código de Processo Civil.

A VEZ DE MAIRIPORÃ

Em Mairiporã, tranquilidade até sobre a água.É justo registrarmos que a cidade de Mairiporã abriga a maior floresta nativa urbana do planeta.
Está se tornando um município de interesse turístico oficialmente graças ao seu atuante Conselho Municipal de Turismo e ao Departamento de Turismo da sua prefeitura.
Já divulgamos aqui o complexo turístico "O Velhão", mas é preciso lembrar que a cidade tem um Museu de Arqueologia Industrial como parte do seu turismo cultural.
E tem o Núcleo Águas Claras e o Parque Estadual Cantareira na divisa com São Paulo.

OUTRAS ATRAÇÕES

Mairiporã tem uma represa, onde o Yacht Club oferece as mordomias do turismo náutico.
Escalada e rapel (multiadrena.com.br), passeios de jipe, trilhas, cachoeiras, e até o Pico do 'Olho d'Água'.
Há muito o que ver e curtir em Mairiporã, perto da capital a apenas 40km, à beira da Rodovia Fernão Dias, logo após o Túnel da Mata Fria.
Outras informações (11) 4419-7357.

(Texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511 – setembro/2017)

Desenvolvido por:
Site desenvolvido por A3 Internet, clique para ver nosso portfolioGuia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região