AddThis Social Bookmark Button

PARA QUEM VIAJAR PARA SÃO PAULO

Governo de São Paulo lançando a sua Cartilha.Foi lançada, pelo governo paulista, uma Cartilha inédita com orientações para quem viajar para São Paulo a lazer ou a negócios.
Obra da Secretaria de Turismo de Vinicius Lummertz e da Secretaria de Justiça e Cidadania, por meio da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP).
O Governador João Doria esteve na sede do Procon-SP para fazer o lançamento, quando disse: -"Lançamos uma cartilha para o turista brasileiro ou estrangeiro. Este ano, o setor do turismo cresceu 8% no Estado de São Paulo. A cartilha está bem elaborada, completa e em versão digital, permitindo correções ou acréscimos ao longo do período",

Na foto: Governo de São Paulo lançando a sua Cartilha.

O QUE CONTÉM A CARTILHA

Eis a Cartilha para visitantes de São Paulo.A cartilha foi dividida em oito tópicos: (1) Transportes, incluindo locação de veículos; (2) Hospedagem, (3) Lazer, que inclui gastronomia e cultura; (4) Compras, (5) Direitos de pessoas com mais de 60 anos, (6) Lei antifumo e antialcoólico, (7) Dicas de Segurança e (8) Telefones Úteis.
A iniciativa é mais uma das ações que integram o programa 'São Paulo Pra Todos', lançado no início do ano pela pasta de Turismo.
"A maior demanda de turistas aumentará a nossa responsabilidade em bem receber a todos", diz Vinicius Lummertz,

Na foto: Eis a Cartilha para visitantes de São Paulo.

SÃO PAULO, PRINCIPAL DESTINO

Aeroporto de Guarulhos, SP.No turismo doméstico, dentre os 26 Estados da Federação, São Paulo é o principal destino.
Além disso, São Paulo é porta de entrada de um terço dos viajantes estrangeiros (2,2 milhões em 2018).
O setor é responsável por 10% do PIB paulista.
"- Há espaço para crescer mais e o Governo do Estado está fazendo a sua parte. Após quase um ano de gestão, nosso diagnóstico é de que teremos muito mais resultados se fizermos políticas integradas, como esta cartilha que lançamos em parceria com o Procon", diz Lummertz.
A expectativa é que, apenas por via aérea, entre moradores e visitantes, os três principais aeroportos do Estado de São Paulo tenham movimento recorde de 75 milhões de passageiros neste 2019.

Na foto: Aeroporto de Guarulhos, SP.

COM AS AGÊNCIAS DE TURISMO

Tenha a sua credenciada Agência de Turismo.Passamos no mês anterior denunciando a falta de fiscalização com o pessoalmente sem credenciamento que procura fazer os serviços receptivos.
Mas, na verdade, falta fiscalização federal em todos os setores do Turismo, já que é um segmento que se tornou muito importante para o desenvolvimento econômico e social das cidades.
As Agências de Viagens, estabelecidas, credenciadas, muitas das vezes sofrem a concorrência de pessoas não habilitadas, sendo que estas últimas, por serem 'piratas', não cuidam da segurança e não têm responsabilidade alguma sobre os desastres que possam ocorrer.
Se a sua Agência de Turismo não tiver registro no Cadastur do Ministério do Turismo, por mais dourada que pareça, procure outra!

Na foto: Tenha a sua credenciada Agência de Turismo.

ÔNIBUS CLANDESTINOS

Só alugue ônibus cadastrado no Ministério do Turismo. Nem sempre que você vê um ônibus com a inscrição de 'Turismo", nem sempre, repetimos, ele pode fazer esse tipo de serviço.
Apresentam preço menor, mas não têm Notas Fiscais (portanto, sonegadores), não têm seguro contratados, e é por isso que vez ou outra o noticiário mostra ônibus pirata que tombou ou se envolveu em acidentes.
Toda empresa de ônibus de Turismo que se preza tem registro oficial no Ministério do Turismo, através do Cadastur.
Mas, além disso, os ônibus precisam passar por vistorias, nos demais órgãos que controlam as estradas.
As empresas cadastradas pagam muitos tributos e procuram ter motoristas preparados para o turismo. Por que usar qualquer um?

Na foto: Só alugue ônibus cadastrado no Ministério do Turismo.

(Texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511, Janeiro 2020).